Símbolo da luta contra o passaporte sanitário na Bahia, Diego Castro comemora queda da obrigatoriedade do documento no estado

Por: Brado Jornal 29.set.2022 às 13h27 - Atualizado: 29.set.2022 às 13h43
Símbolo da luta contra o passaporte sanitário na Bahia, Diego Castro comemora queda da obrigatoriedade do documento no estado
Foto: Divulgação/Ascom

Defensor da liberdade e apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL)  desde 2013, o candidato a deputado estadual doutor Diego Castro (PL) comemorou, nesta quinta-feira (29), a queda do passaporte de vacinação na Bahia, de acordo com decreto publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia. 


Diego, que é líder do movimento Bahia Direita, ingressou com diversos mandados de segurança contra o governador Rui Costa (PT) para derrubar todas as restrições impostas pelo passaporte sanitário durante a pandemia da Covid-19. 


"Durante toda a pandemia fui procurado por moradores de diversas cidades que queriam providências contra esse passaporte ditatorial imposto pelo governador petista Rui Costa. Uma determinação que fere o nosso direito de ir e vir, de escolha e de liberdade. Agora queremos saber: quem vai pagar a conta daqueles que perderam documentos, empregos acesso ao bem-estar por conta das decisões do governador?", questionou o candidato a deputado estadual. 


De acordo com o decreto, a obrigatoriedade do passaporte caiu para eventos desportivos, em bares, restaurantes, lanchonetes e similares, e em academias e estabelecimentos de atividade física, para o atendimento presencial no SAC e no DETRAN, nas visitas sociais a unidades prisionais e policiais, no acesso a quaisquer prédios públicos, nos transportes coletivos rodoviários intermunicipais e em eventos diversos. Hospitais e unidades de saúde ainda farão o pedido de apresentação do comprovante de vacinação.


A atuação de Diego Castro de combate a esquerda incomodou tanto que o PT processou o bolsonarista por “falar a verdade”. Na ação, a sigla tem como principal objeto um Twitter feito por Diego no dia do evento de lançamento da pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo do Estado, ato que reuniu as principais lideranças da legenda, entre eles Lula, Jaques Wagner e Rui Costa. O PT alega que o então Twitter do candidato, atrelado a outras posturas, tem causado “danos à imagem da instituição”.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Aleluia lembra dos constantes vandalismos contra as igrejas de Salvador ao falar sobre a estátua de Mãe Stella e que esses casos são simplesmente esquecidos
O vereador de Salvador afirmou que “não estão interessados em defender o sagrado, mas sim em alimentar as suas narrativas.”
Manifestantes protestam contra Lula em frente a hotel onde o político está hospedado
Grupo gritava contra posse do petista; concentração começou após o jogo do Brasil pela Copa do Mundo
Conselheiro de segurança dos EUA se encontra com Lula, em Brasília
Jake Sullivan vai se encontrar com militar de confiança de Bolsonaro e com o presidente eleito
Brasil dá show, goleia Coreia do Sul e vai para as quartas contra a Croácia
Quinteto formado por Vinicius Júnior, Neymar, Richarlison, Lucas Paquetá e Raphinha brilham em vitória tranquila por 4 a 1; no segundo tempo, seleção tirou o pé e deu espaço para sul-coreanos criarem boas chances de gol
Jovem tem rosto cortado durante viagem de ônibus na Bahia: ‘Violência gratuita’
Em suas redes sociais, Stefani Firmino deu detalhes sobre o ocorrido e pediu por rigor nas investigações; uma faca foi encontrada com uma passageira e enviada para a perícia
Turista de Goiás desaparece em mar de Guarajuba ao tentar resgatar filho de afogamento
Criança foi retirada da água com ajuda de outros banhistas, mas homem sumiu em seguida. Defesa Civil e Corpo de Bombeiros fazem buscas.
Carregando..