TCM multa prefeito de cidade da BA e determina que gestor exonere servidores contratados sem processo seletivo

Caso aconteceu na cidade de Tanquinho
Por: Brado Jornal 31.mar.2023 às 12h14
TCM multa prefeito de cidade da BA e determina que gestor exonere servidores contratados sem processo seletivo

Os conselheiros da 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) acataram denúncia apresentada contra o prefeito de Tanquinho, José Luiz dos Santos, por causa de irregularidades na contratação temporária e direta de servidores, no exercício de 2021. A decisão cabe recurso.

O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, determinou, na quarta-feira (29), a exoneração – no prazo de até 90 dias – de todos os servidores contratados sem o devido processo seletivo. O gestor foi multado em R$ 4 mil pela irregularidade.

De acordo com a denúncia, o prefeito fez contratações de servidores temporários sem concurso ou processo seletivo simplificado e sem demonstrar o excepcional interesse público dos atos.

Além disso, foi constatado um aumento considerável do número de cargos temporários, que passaram de 50 em janeiro de 2021 para 171 em julho do mesmo exercício – número maior do que o de funcionários efetivos, que somam apenas 168.

O conselheiro Mário Negromonte destacou que o gestor não apresentou justificativa jurídica ou fática capaz de desconstituir as irregularidades apontadas na denúncia ou que pudesse justificar o ato.

“Isto porque, o prefeito restringiu-se a afirmar, apenas, que as contratações eram necessárias diante do caos administrativo que encontrou no início de sua gestão”.

O procurador do Ministério Público de Contas, Danilo Diamantino, também se manifestou pela procedência da denúncia, com a aplicação de multa ao gestor e exoneração dos servidores contratados de forma ilegal.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Lira adia PL do aborto para segundo semestre
Presidente da Casa Baixa disse que Câmara não é monocrática
PF faz operação contra desembargador de SP por suspeita de venda de decisões judiciais
Outros dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados judiciais de busca e apreensão da "Operação Churrascada" da PF, que ocorre nesta quinta-feira (20)
Moraes determina que hospitais informem se estão cumprindo decisão sobre aborto
A intimação aconteceu nesta quarta-feira (19)
‘Jerônimo, até quando o senhor vai fechar os olhos?’, questiona ACM Neto após a Bahia aparecer no topo da violência em pesquisa
A declaração ocorreu após a divulgação do Mapa da Violência de 2024 pelo Atlas
Governo Lula lança site para detectar e combater ‘discurso de ódio’ na web
Portal Ódio ou Opinião foi divulgado nesta terça-feira (18)
Prefeitura entrega multicentro de Saúde em Amaralina com capacidade para 71 mil procedimentos por mês
O prefeito Bruno Reis afirmou que a unidade terá custeio mensal de R$2 milhões e ressaltou que o novo multicentro vai triplicar a capacidade de operação em relação ao antigo equipamento
Carregando..