AL-BA aprova reajuste de apenas 4% para servidores estaduais

A votação aconteceu sob protestos dos servidores, que foram proibidos de assistir à votação na galeria da Assembleia
Por: Brado Jornal 29.mai.2024 às 08h31
AL-BA aprova reajuste de apenas 4% para servidores estaduais
Reprodução/Assembleia Legislativa da Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, nesta terça-feira (28), o Projeto de Lei que estabelece o reajuste geral de 4% para o ano de 2024 sobre os vencimentos, subsídios, saldos e gratificações dos servidores ativos, inativos e de pensionistas da administração direta, autarquias e fundações do Poder Executivo.

O reajuste é dividido em 2% a partir de 1º de maio, incidindo sobre os valores vigentes em 30 de abril de 2024; e 2% a partir de 31 de agosto deste ano, incidindo sobre os valores vigentes em 30 de agosto deste ano. Também foram aprovados mais três PLs do Executivo e dois Projetos de Resolução da Mesa Diretora da Alba.

Em relação a questão da ocupação das galerias, o presidente da Alba, deputado Adolfo Menezes (PSD) defendeu a decisão da Mesa Diretora e lembrou do tumulto ocorrido na sessão do último dia 21, quando estava prevista a votação do reajuste. Parlamentares foram impedidos pelas galerias de exercer o direito de defender suas posições.


O segundo PL alterou a estrutura remuneratória dos cargos das carreiras dos Grupos Ocupacionais:

  • Artes e Cultura;
  • Comunicação Social;
  • Fiscalização e Regulação;
  • Obras Públicas;
  • Técnico-Administrativo;
  • Técnico-Específico;
  • Serviços de Apoio Técnico-Administrativo da Procuradoria Geral do Estado e Fisco;
  • Carreira do Magistério Público das Universidades Estaduais;
  • Carreiras de Nível de Apoio do Quadro Especial das Universidades Estaduais;
  • Cargos dos Quadros Especiais;
  • Cargos em comissão do Magistério Público Estadual do Ensino Fundamental e Médio.


De acordo com a Alba, a terceira proposição aprovou o pedido do governador Jerônimo Rodrigues (PT) de mudança da destinação de um empréstimo de R$ 2 bilhões, solicitado ainda na gestão de Rui Costa em 2015.

O objetivo de fortalecer programas estruturantes relativos ao desenvolvimento de infraestruturas logísticas, institucionais e eficiência energéticas, à melhoria da mobilidade e acesso a oportunidades, à transição ecológica inclusiva para o crescimento sustentável.

O quarto PL, aprovado na sessão, determina a transação de créditos tributários e não tributários inscritos em dívida ativa. O objetivo é estabelecer regras balizadoras para a celebração da transação para prevenir ou terminar litígios relativos à cobrança de créditos tributários e não tributários inscritos em dívida ativa, com amparo nos princípios constitucionais da isonomia, da transparência, da moralidade e da eficiência.

A quinta proposição aprovada foi um Projeto de Resolução da Mesa Diretora da Alba, que institui o Programa de Aposentadoria Voluntárias dos Servidores da Assembleia Legislativa da Bahia.

Por último, outro PRes, fixa os salários do governador, vice-governador, secretários de Estado e membros do Ministério Público nos mesmos valores do reajuste geral. Este último foi votado em dois turnos.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Senado aprova reformulação do ensino médio
Uma das principais mudanças do PL é o aumento da carga horária da FGB, que passa de 1.800 horas para 2.400 horas
Carregando..