Policial que matou Leandro Lo deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira

Henrique Otávio Oliveira Velozo foi detido no último domingo, 7, após atirar no octacampeão mundial de jiu-jítsu
Por: Brado Jornal 08.ago.2022 às 13h12
Policial que matou Leandro Lo deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira
Foto: Divulgação

O policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo, suspeito de matar o octacampeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo, na madrugada do último domingo, 7, se entregou para a corregedoria da Polícia Militar na cidade de São Paulo. À reportagem da Jovem Pan Online, a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) informou que o PM será encaminhado para audiência de custódia nesta segunda-feira, 8. O Ministério Público pediu prisão preventiva de 30 dias. “O caso segue em investigação pelo 16º DP (Vila Clementino). O policial militar foi ouvido pela autoridade policial e será encaminhado para audiência de custódia nesta segunda-feira (8). A vítima foi socorrida ao Hospital Saboya, onde foi constatada a sua morte. Paralelamente, a Polícia Militar também instaurou uma apuração administrativa”, informou a SSP, em nota.


Leandro Lo levou um tiro na cabeça durante uma festa no Clube Sírio, em São Paulo, no último domingo. De acordo com o advogado da família, Ivã Siqueira, o lutador imobilizou o policial militar após uma discussão. Na sequência, Henrique Oliveira sacou uma arma e atirou no rosto do multicampeão no jiu-jítsu. Através das redes sociais, Fátima Lo, mãe de Leandro, lamentou a perda. “Meu herói, lindo da mãe! Você foi um presente de Deus na minha vida. Vou sentir tanta sua falta, tá faltando um pedaço de mim. Te amo eternamente filho amado. Guardarei as lembranças boas que foram muitas. Vc fazia eu me sentir a mãe mais amada do mundo. Muito obrigada pelo seu amor, seu cuidado. Te amo muito, saudade eterna”, declarou.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Lula diz que Estado terá que indenizá-lo por prisão pela Lava Jato
Declaração do ex-presidente foi criticada
ANS suspende comercialização de 70 planos de saúde após 37,9 mil reclamações
Queixas são referentes ao 2º trimestre de 2022, período em que as operadoras são reavaliadas
Trânsito é interditado após rede de esgoto romper e abrir cratera na Av. Paulo VI
Embasa já iniciou troca de tubulação e serviço deve ser concluído na próxima terça-feira (27)
TSE impede candidaturas de José Roberto Arruda, Agnelo Queiroz e Neri Geller
Segundo a Justiça Eleitoral, Arruda e Queiroz não podem concorrer à Câmara porque foram condenados por improbidade administrativa; Geller avisou que vai recorrer ao STF
Defesa deve definir nesta segunda a resposta que dará ao TCU sobre contagem paralela dos votos
Tribunal de contas enviou série de questionamentos sobre atuação das Forças Armadas nas eleições de 2022
Carregando..