Croácia vence Japão nos pênaltis e aguarda vencedor de Brasil x Coreia do Sul

Goleiro Livakovic defende três cobranças dos japoneses e garante classificação croata para as quartas de final
Por: Brado Jornal 05.dez.2022 às 15h15
Croácia vence Japão nos pênaltis e aguarda vencedor de Brasil x Coreia do Sul
Divulgação

A Croácia voltou a mostrar sua força nesta segunda-feira, 5, ao derrotar o Japão nas penalidades por 3 a 1, no Al Janoub, em confronto válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2022. Após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, com gols de Daizen Maeda e Ivan Perisic, a igualdade persistiu na prorrogação. Nas cobranças de pênalti, os croatas levaram a melhor graças ao goleiro Dominik Livakovic, que fez três boas defesas e garantiu a classificação às quartas de final. Com o resultado, a atual vice-campeã segue viva em busca do título inédito. O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Zlatko Dalic será na próxima sexta-feira, 9, diante de Brasil ou Coreia do Sul. Os japoneses, por sua vez, permanecem sem avançar às quartas e igualam as campanhas de 2002, 2010 e 2018, quando também pararam no primeiro mata-mata.

Croácia e Japão fizeram uma partida bastante equilibrada no primeiro tempo. Com um meio-campo mais técnico, liderado por Luka Modric, os croatas ficaram mais tempo com a posse de bola, mas trocaram passes com lentidão e pararam no bloqueio azul. A melhor chance da atual vice-campeã mundial, inclusive, saiu de um vacilo japonês. Após roubar a bola no ataque, Kovacic invadiu a área e só não marcou por causa do goleiro Gonda. Apostando nos ataques em velocidade, o Japão mostrou organização e passou a incomodar. Primeiro, em bela jogada tramada por Maeda, Morita e Doan, Kamada arriscou sobre o gol. Na sequência, aos 42 minutos, Yoshida desviou após escanteio e viu a bola sobrar para Maeda na entrada da pequena área. De primeira, o atacante escorou de canhota para o fundo do gol. No fim, as duas seleções desceram para o vestiário com apenas três finalizações cada.

Sem outra opção, a Croácia se soltou mais no segundo tempo, preencheu a área adversária e viu a estratégia funcionar. Aos 9 minutos, Lovren levantou na medida para Perisic, que testou firme no canto, de maneira indefensável para Gonda. Empolgados com o empate, os croatas pressionaram e continuaram assustando os nipônicos. Primeiro, Modric arriscou de média distância, fazendo Gonda espalmar para escanteio. Depois, Budimir aproveitou levantamento de Kramaric e cabeceou rente ao poste esquerdo. Dominando o meio-campo, os europeus continuaram em cima e não deram espaço para o Japão. Com mais volume, a Croácia ainda teve duas oportunidades com Pasalic – ambas não tiveram o caminho do gol.

A prorrogação seguiu na mesma toada, com a Croácia controlando as ações ofensivas e tentando passar pela defesa rival. A melhor chance da primeira parte, entretanto, foi da equipe japonesa. Em contragolpe, Mitoma arrancou desde a defesa, passou por dois marcadores e bateu firme, exigindo bela defesa de Livakovic. No segundo tempo, as duas seleções mostraram cansaço e quase não incomodaram os goleiros. A exceção foi um chute de Majer para fora, na última jogada da partida. Nas penalidades, Livaja até desperdiçou para os croatas, mas brilhou a estrela de Livakovic, que defendeu as cobranças de Minamino, Mitoma e Yoshida. Vlasic, Brozovic e Pasalic converteram para os europeus, enquanto a única batida certa dos asiáticos saiu dos pés de Asano.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Capitão Alden toma posse de deputado federal na próxima quarta-feira em Brasília
Paramentar deixará a Assembleia Legislativa para assumir cargo na Câmara Federal
Michelle Bolsonaro retorna ao Brasil
Discreta, ex-primeira-dama desembarcou nesta noite no aeroporto de Brasília vinda dos EUA.
Carregando..