Governo autoriza aumento de 5,60% no preço dos remédios

Publicado em edição extra do DOU, o reajuste considera a inflação entre março de 2022 e fevereiro de 2023
Por: Brado Jornal 31.mar.2023 às 18h05
Governo autoriza aumento de 5,60% no preço dos remédios

O governo federal autorizou nesta sexta-feira (31) um reajuste máximo de 5,6% no preço de medicamentos.

Publicada em edição extra do Diário Oficial da União, a medida considera a inflação entre março de 2022 e fevereiro de 2023.

A resolução informa que os fabricantes de medicamentos deverão dar “ampla publicidade aos preços de seus medicamentos, por meio de publicações em mídias especializadas de grande circulação”, não podendo superar os preços publicados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos no portal da Anvisa.

Foi estabelecido também que as farmácias deverão “manter à disposição dos consumidores e dos órgãos de proteção e defesa do consumidor as listas dos preços de medicamentos atualizadas.”

Segundo o Sindusfarma, Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos, o preço dos medicamentos subiu 76,8% em 10 anos. Apenas nos últimos dois anos, o reajuste foi de 10,08% em 2021 e 10,89% em 2022.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Corpos achados em embarcação no Pará são de africanos, diz PF
Embarcação foi encontrada à deriva no litoral do Pará no sábado (13)
Delegados processam Eduardo Bolsonaro por chamar PF de “cachorrinhos do Moraes”
Sindicato pede indenização por danos morais em R$ 56 mil
“Crime compensa no governo Lula”, dispara líder da bancada do agro
O deputado Pedro Lupion afirmou que o programa do Planalto é a "prova cabal" de que o "errado é o certo" no "Brasil do PT"
Operação Lesa Pátria: PF faz busca e apreensão em 8 estados
A corporação informou ter sido determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados
Carregando..