Além do TSE, STF também abre inquérito para investigar suposto financiamento das manifestações do 7 de Setembro

Há suspeita de que as manifestações tenham sido bancadas por empresários ou políticos.
16.set.2021 às 10h24
Além do TSE, STF também abre inquérito para investigar suposto financiamento das manifestações do 7 de Setembro

Além do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu abrir uma investigação sobre um suposto financiamento das manifestações do dia 7 de Setembro.


A investigação foi incluída pelo STF no inquérito que apura a organização dos atos, onde, foram alvos desse inquérito, entre outros, o cantor Sérgio Reis, o deputado federal Otoni de Paula e o caminhoneiro Zé Trovão.


O TSE e o STF querem saber quem supostamente financiou viagens de caminhões e ônibus de diferentes partes do país e diárias de hotéis para participantes dos atos em Brasília e em São Paulo.

Há suspeita de que as manifestações tenham sido bancadas por empresários ou políticos.


A corte eleitoral vai investigar também se houve conteúdo de campanha antecipada.

Veja Também
Negociações para filiação de Bolsonaro ao PP avançam
Há duas semanas, Ciro Nogueira sondou dirigentes estaduais sobre o assunto; chefe do Executivo federal enfrenta resistência de líderes partidários do Nordeste
Eric Clapton patrocinou banda britânica antivacina
Guitarrista emprestou a própria van para banda Jam for Freedom seguir em turnê pelo Reino Unido com músicas antivacina e contra o lockdown
Bolsonaro chega a BH para sancionar projeto do metrô e lançar pedra fundamental do Centro Nacional de Vacinas
Presidente também vai participar de almoço na sede da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg).
Denílson volta a cobrar Belo por dívida: 'Me deve e não pagou'
Ex-jogador e cantor vivem disputa há 20 anos