“Estado brasileiro é laico, mas não é ateu”, diz João Roma

O ministro da Cidadania João Roma, afirmou que mesmo sendo um Estado laico, o Brasil não é ateu.
15.out.2021 às 06h53
Atualizado: 15.out.2021 às 06h53
“Estado brasileiro é laico, mas não é ateu”, diz João Roma

Em discurso durante a cerimônia de lançamento do programa “Turismo sem drogas”, nesta quarta-feira (14), o ministro da Cidadania João Roma, afirmou que mesmo sendo um Estado laico, o Brasil não é ateu.

“O Estado é laico, mas o Estado não é ateu. E esse Estado que hoje conseguiu conquistar sua independência e sua liberdade teve no âmago, na sua essência a motivação de homens e mulheres também movidos pela fé”, disse o ministro.

O programa “Turismo sem drogas” foi lançado com o objetivo de combater o uso de drogas ilícitas em ambientes turísticos como hotéis e restaurantes. Entre as ações mapeadas no programa, está a distribuição de adesivos e placas com o nome do movimento.

O projeto é em parceria com a Embratur, os ministérios do Turismo e da Cidadania e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

Veja Também
No primeiro dia, leilão do 5G movimenta quase R$ 7 bilhões em outorgas
Certame continua na sexta-feira (5) com lances para faixa de 26 GHz
Ministério da Saúde: brasileiro que recebeu vacina da Janssen deve tomar 2ª dose
Também de acordo com a pasta, todos que já receberam há pelo menos cinco meses a segunda dose de Pfizer, AstraZeneca ou Coronavac, já podem tomar a terceira dose
Cantor Marcelo Falcão tem prisão decretada pela Justiça
Cantor está em turnê mas alegou falência; sua dívida já ultrapassou os R$ 80 mil
TSE prepara transformação de urnas em “maquininhas de cartão”
O Tribunal Superior Eleitoral fechou uma parceria com a USP e tenta reduzir os custos das eleições – mantendo a usual segurança do processo
Rodovias baianas tiveram 48 acidentes e 14 mortes no feriadão
Foram fiscalizadas 11.270 pessoas, 35% a mais que em 2019. No caso dos veículos, 11.220 foram verificados pelos policiais, registrando um crescimento de 55%.
Morre, aos 96 anos, Renato Simões, presidente do jornal A Tarde
Simões ocupava, atualmente, o posto de presidente de honra do diário baiano. Ele era tio-avô de João de Mello Leitão, atual presidente do grupo de comunicação.