Política Exclusivo

Após nova campanha de Doação para Bolsonaro, PIX bate novo recorde com mais de 150 milhões de transações em um único dia

A Marca foi atingida na quarta-feira (6) dia em que apoiadores relembraram os 5 anos da facada e foi dado início a uma campanha de doação até 7 de setembro
Por: Brado da Redação 11.set.2023 às 05h47 - Atualizado: 11.set.2023 às 06h08
Após nova campanha de Doação para Bolsonaro, PIX bate novo recorde com mais de 150 milhões de transações em um único dia

O PIX sistema de pagamentos criado durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro e que se tornou o meio de pagamento eletrônico mais usado no Brasil no final de 2021, bateu um novo recorde na quarta-feira 6 de setembro, com 152,7 milhões de transações em um único dia e mais de R$ 70 bilhões de movimentação, a informação foi divulgada pelo Banco Central. 

Coincidência ou não, no dia 6 de setembro foi justamente a data em que apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro relembraram os 5 anos da facada sofrida em 2018 na cidade de Juiz de Fora (MG) enquanto Bolsonaro cumpria agenda eleitoral. 

No mesmo dia também foi iniciado uma campanha de doação e vários apoiadores divulgaram o seguinte texto em grupos de Whats App e redes sociais como Twitter, Instagram, Tiktok e Facebook:

"VAMOS TODOS FAZER UM *PIX DE 1 REAL NO DIA 7 DE SETEMBRO* PARA O PRESIDENTE BOLSONARO.
ASSIM VAMOS MOSTRAR O NOSSO VOTO E QUE NINGUÉM SE ARREPENDEU DE SEU VOTO. 
CADA PIX DEVE SER POSTADO NAS REDES NO DIA 7, OK? 
ESTA SERÁ A MAIS NOVA MANIFESTAÇÃO DO DIA 7 DE SETEMBRO PARA A NAÇÃO BRASILEIRA. 
REPASSEM O MÁXIMO.
CPF Presidente Bolsonaro
453.178.287-91
R$ 1,00"

A publicação viralizou nas redes e grupos de Whats App e Telegram e durante todo o dia grande parte das pessoas fizeram o pix e compartilharam o comprovante de pagamento, algumas pessoas fizeram a doação de valores maiores contando os moradores da casa, "Aqui em casa temos 5 pessoas então doei 5 reais", outras pessoas publicaram o comprovante nas redes e desafiaram o ativismo judicial e midiático que foi criado para coibir as campanhas de doação, "Desta vez não precisa usar o Coaf, tai meu nome e sobrenome" afirmou uma apoiadora nas redes sociais.

A revolta partiu após um relatório do Coaf que hoje está sobe o domínio do governo Lula, ter sido vazado propositalmente na imprensa contendo informações e quebrando o sigilo da  movimentação bancária de uma das contas do ex-presidente Jair Bolsonaro que tinha o registro do pix via CPF, o relatório afirmou que o presidente recebeu R$ 17,2 milhões por meio de Pix de janeiro a julho deste ano, período em que apoiadores realizaram uma primeira campanha para ajudar o presidente a pagar as multas milionárias em que foram impostas pela justiça e segundo o próprio Bolsonaro estava sofrendo uma perseguição implacável.

Mesmo após a divulgação e a ameaça de investigar cada um dos doadores com objetivo de coibir futuras doações ao Presidente, a ação do Governo Lula parece não ter surtido efeito e inibido os apoiadores de Bolsonaro, que em um ato de protesto repetiram a campanha de doação e ainda publicaram os comprovantes com nome e sobrenome de forma pública nas redes sociais o que ajudou o Pix a Bater um novo Record de transações em um único dia.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Fui o único que tratou a pandemia com seriedade, diz Bolsonaro
Ex-presidente discursou para apoiadores em Duque de Caxias ao lado de ex-prefeito investigado por falsificar seu cartão de vacinação
Lula diz que ligou para Lira após discussão entre deputados na Câmara
Para o petista, esse tipo de comportamento, de xingar adversários, induz os políticos a cometerem erros e serem achincalhados “como muitas vezes é o Congresso Nacional, o Senado, a Câmara, o Executivo e a Suprema Corte”
Arlindo Cruz é internado novamente após convulsões e infecção
Em abril, o sambista passou 15 dias hospitalizado
Repórter da “Record” é demitida por vazar trecho de entrevista com Lula
Declarações do presidente sobre dúvidas a respeito da necessidade de cortar gastos foram antecipadas ao mercado financeiro por meio de agência de análise política da qual é sócia Renata Varandas, a jornalista dispensada
Lauana Prado: quem é a cantora comunista que critica Bolsonaro entre sertanejos
Principal voz do "feminejo", cantora de 35 anos que faz contraponto à maioria dos cantores do gênero
Tebet diz que Lula determinou compromisso de governo não gastar mais do que arrecada
A ministra do Planejamento falou que o governo possui o compromisso, determinado por Lula, de não gastar mais do que arrecada e que isso deve ser visto no orçamento de 2025
Carregando..