Advogado de Daniel Silveira, Paulo Faria, pede prisão de Moraes por crime de tortura

Segundo o profissional, o ex-deputado “está há mais de 200 dias preso em regime fechado, ilegalmente"
Por: Brado Jornal 30.mar.2024 às 09h55
Advogado de Daniel Silveira, Paulo Faria, pede prisão de Moraes por crime de tortura
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O advogado de Daniel Silveira, Paulo Faria, enviou à Procuradoria-Geral da República na noite desta sexta-feira, 29, um pedido de prisão em flagrante delito do ministro do Supremo Tribunal Federal por "crime permanente e perpétuo de tortura". O motivo seria a não conferência de progressão de regime ao ex-deputado, conforme o documento protocolado.

De acordo com a defesa, Silveira está há 200 dias em regime fechado sem progressão, o que, segundo seu advogado, viola a Lei de Execuções Penais e os direitos constitucionais do ex-deputado.

Na petição, o advogado pede ao procurador-geral da República, Paulo Gonet, que investigue a conduta de Moraes, que, segundo ele, estaria cometendo crime de tortura, abuso de autoridade e prevaricação.

"Daniel Silveira está há mais de 200 dias preso em regime fechado, ilegalmente", explica Faria. "Ele deveria estar no semiaberto."



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Moraes “exige” que o X viole as leis brasileiras, diz Musk
Plataforma foi intimada pelo Congresso dos EUA a fornecer informações sobre as ordens da Justiça brasileira de moderação de conteúdo
Deputado do PSOL Glauber Braga agride membro do MBL dentro do congresso
O comunista empurra o homem para fora da Câmara e o segue até o estacionamento
Zambelli questiona ilegalidades em decreto de reforma agrária de Lula
A parlamentar lista uma série de problemas do Projeto, como a relativização da propriedade privada
Ministro pede desculpas após exoneração de primo de Lira no Incra
Wilson César de Lira Santos foi demitido nesta terça-feira, 16
“Não me arrependo”, diz Glauber Braga sobre agressão a militante do MBL
O psolista empurrou e chutou o youtuber Gabriel Costernaro para fora da Câmara dos Deputados nesta terça-feira depois de uma discussão
O caso do aluno com camisa de Bolsonaro em faculdade de Salvador: "posso ser expulso e perder todo o curso de direito"
A direção da faculdade salientou que o “professor não está sendo investigado”
Carregando..