Congresso acaba com saídas temporárias de presos em feriados

O presidente vetou o trecho da lei que proibia o saidão para visitação a familiares durante datas comemorativas, mas os parlamentares decidiram, por 339 votos favoráveis na Câmara e 47 no Senado, manter a proibição
Por: Brado Jornal 29.mai.2024 às 08h23
Congresso acaba com saídas temporárias de presos em feriados
Antônio Cruz/Agencia Brasil

O Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Lula ao texto do projeto que restringiu as saídas temporárias de detentos. A votação aconteceu em sessão conjunta do Congresso Nacional e foi inicialmente derrubada com os votos da Câmara dos Deputados e, posteriormente, confirmada no Senado. Entre os deputados, 314 votaram para anular o veto e 126 para manter a decisão de Lula.

Assim como na votação que manteve o veto contra a criminalização das fake news eleitorais, a derrota contou com o apoio até mesmo de partidos que apoiam Lula, como o MDB (21 votos pela derrubada do veto), União Brasil (54 votos pela derrubada do veto) e PSD (29 votos pela derrubada do veto).

Além disso, o tema sequer foi unanimidade entre os partidos da esquerda: o PT teve um voto contra o fim da saidinha, de Maria do Rosário; no PSB, outro partido de esquerda aliado do Palácio do Planalto, Duarte Jr., do Maranhão, e Tabata Amaral, pré-candidata à Prefeitura de São Paulo, também votou para derrubar o veto.

O mesmo aconteceu no Senado, onde o voto "Não", pela derrubada do veto também contou com maioria entre MDB, União e PSD, partidos com três ministros cada na Esplanada dos Ministérios. No Senado, Fabiano Contarato, senador do PT pelo Espírito Santo, discordou do resto do partido e votou para derrubar o veto de Lula. Os dois senadores do PSB, Flávio Arns e Chico Rodrigues, também votaram contra o governo



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
PF faz operação contra desembargador de SP por suspeita de venda de decisões judiciais
Outros dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados judiciais de busca e apreensão da "Operação Churrascada" da PF, que ocorre nesta quinta-feira (20)
Aliados de Janones mentiram ao negar rachadinha, diz PF
Polícia Federal aponta contradições em depoimentos de aliados de Janones que negaram existência de rachadinha: “Não falaram a verdade”
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
Governo Lula lança site para detectar e combater ‘discurso de ódio’ na web
Portal Ódio ou Opinião foi divulgado nesta terça-feira (18)
PF deflagra a 28ª fase da Operação Lesa Pátria
Policiais federais cumprem 27 mandados judiciais nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina
Tribunal do Amapá decide pela cassação do mandato de deputada do PL
O motivo foi o suposto uso de verba de campanha eleitoral para procedimento de harmonização facial durante as eleições de 2022, quando Silvia Waiãpi foi eleita para uma vaga na Câmara dos Deputados
Carregando..