Liderada por Diego Castro, AL-BA realiza audiência pública sobre tiro esportivo

O encontro reuniu diversas figuras de destaque neste campo, como o deputado federal Capitão Alden, além dos parlamentares Ismael Alexandrino, de Goiás, e Paulo Bilynskyj, de São Paulo, este último participando remotamente.
Por: Brado Jornal 05.jun.2024 às 16h16
Liderada por Diego Castro, AL-BA realiza audiência pública sobre tiro esportivo

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) promoveu, na manhã desta quarta-feira (5), uma audiência pública com o tema “Tiro Esportivo: Debate sobre as Questões Jurídicas e Administrativas da Atividade na Bahia”. A iniciativa foi do deputado estadual Diego Castro (PL).

O encontro reuniu diversas figuras de destaque neste campo, como o deputado federal Capitão Alden, além dos parlamentares Ismael Alexandrino, de Goiás, e Paulo Bilynskyj, de São Paulo, este último participando remotamente.

Durante a audiência, Diego Castro fez comentários sobre a situação do tiro esportivo no país. “Vivemos em um cenário em que, lamentavelmente, a atividade do tiro esportivo vem sendo alvo de demonização, pois querem justificar o problema da violência transferindo a culpa aos CACs”, disse.

“Desejam plantar a ideia de que os clubes de tiro são locais opressores e inseguros, ou, como dizem, um QG de desordem social. Tentam, a todo custo, associar a imagem do colecionador à de um bandido”, acrescentou Diego Castro.

“Tenho certeza de que, se uma pessoa sem conhecimento sobre o assunto visitar e conhecer melhor os clubes de tiro, mudará essa visão negativa que estão tentando atribuir a esses locais. O grande desafio, além de sensibilizar os poderes, é sensibilizar a sociedade”, completou.

Além dos parlamentares, participaram também fundadores de clubes de tiro, como Francisco de Oliveira Santos, Angelo de Matos e Tiago Campinho Britto, entre outros. A advogada Sandra Natalie Silva, especialista em Direito Público, também esteve presente, contribuindo com sua perspectiva jurídica sobre o tema.

Ainda segundo Diego Castro, a audiência pública “buscou abordar as diversas questões jurídicas e administrativas que envolvem a prática do tiro esportivo na Bahia, promovendo um debate amplo e informativo entre os participantes”.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
Pacheco: equiparar aborto a homicídio é 'irracionalidade'
Declaração do presidente do Senado aconteceu um dia após repercussão sobre audiência pública na Casa; atriz contadora de histórias fez uma performance no plenário
PF faz operação contra desembargador de SP por suspeita de venda de decisões judiciais
Outros dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados judiciais de busca e apreensão da "Operação Churrascada" da PF, que ocorre nesta quinta-feira (20)
Senado aprova reformulação do ensino médio
Uma das principais mudanças do PL é o aumento da carga horária da FGB, que passa de 1.800 horas para 2.400 horas
Tribunal do Amapá decide pela cassação do mandato de deputada do PL
O motivo foi o suposto uso de verba de campanha eleitoral para procedimento de harmonização facial durante as eleições de 2022, quando Silvia Waiãpi foi eleita para uma vaga na Câmara dos Deputados
Toffoli anula provas da Odebrecht contra João Santana, ex-marqueteiro de Lula
O ministro do STF estendeu a João Santana e sua esposa, a empresária Mônica Moura, a anulação do uso das provas do acordo de leniência da Odebrecht
Carregando..