A reação em cadeia

Por: Leo Pirão 31.jan.2022 às 11h54
A reação em cadeia

O dia 07 de setembro de 2021 ficou marcado para sempre na história do Brasil. Foi o dia da maior manifestação popular que esse país já viu. O clamor do povo brasileiro pela liberdade foi colossal. Nunca se viu uma demonstração de cidadania e unidade popular como tal. O mundo assistiu impressionado a força do povo brasileiro, em especial, dos caminhoneiros. Por motivos que não serão trazidos à baila neste texto, esse processo foi interrompido e, até então, reduzido a apenas um único dia histórico. Porém, a inspiração diante deste ato foi uma virtuosa semente plantada no coração das pessoas ao redor da Terra.

Depois do início da crise sanitária de 2020 a liberdade ao redor do mundo passou a ser atacada e aniquilada de todas as formas. E elite global, lançando mão do terror psicológico, acelerou a agenda de controle das pessoas. Por quase dois anos o plano nefasto seguiu sem contratempos. Mas, como toda narrativa vazia acaba tendo um fim, ao que aprece, o “grande despertar” está acontecendo.

A semente virtuosa plantada pelos brasileiros em setembro de 2021 parece ter começado a germinar com força total pelo mundo afora. E, de forma surpreendente, a reação começou onde menos esperávamos: no Canadá. Um país tido com um dos mais progressistas da atualidade. Neste momento, O Comboio Pela Liberdade (Convoy For Freedom) dos caminhoneiros canadenses, está “sitiando” a cidade de Ottawa com o apoio massivo da população. O Primeiro-Ministro Justin Trudeau, numa das maiores demonstrações de covardia da história, já fugiu do país para não encarar o povo que exige de volta a própria liberdade.

O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
ESCLARECIMENTO SOBRE A CULPA DOS “ISENTÕES”
"Youtubers e influencers, responsáveis por formarem a opinião de milhões de bolsonaristas, estão difundindo narrativas de que a culpa pela consolidação da ditadura petista em vigor é dos “isentões”
Quem é o cineasta petista que dirigiu cena do “atentado” contra Bolsonaro
Um Dossiê sobre a estranha relação do grupo Globo e Lula com o cineasta que dirigiu cena de atentado contra o Presidente Bolsonaro

Conteúdo para Assinantes

Continue lendo esta matéria com acesso ilimitado.

Carregando..