Empresa que empregou Moro recebeu R$ 42,5 milhões de empresas alvos da “lava jato”

O tribunal recebeu esses dados no âmbito da investigação da atuação de Moro.
Por: Brado Jornal 22.jan.2022 às 09h39
Empresa que empregou Moro recebeu R$ 42,5 milhões de empresas alvos da “lava jato”

A Alvarez & Marsal, consultoria onde trabalhou o ex-juiz  Sergio Moro, após ele deixar o governo Bolsonaro, disse ao Tribunal de Contas da União (TCU) que 75% de todos os honorários que recebe no Brasil são provenientes de empresas investigadas pela “lava jato.

Segundo reportagem da revista Veja, a Alvarez & Marsal recebeu R$ 42,5 milhões de empresas investigadas pela Lava Jato. Os dados estavam em segredo até esta sexta-feira(21), mas o ministro Bruno Dantas,  do TCU, retirou o sigilo.

Segundo dados do TCU, a  Alvarez & Marsal recebeu  R$ 1 milhão por mês da Odebrecht e da Atvos (antiga Odebrecht Agroindustrial); R$ 150 mil da Galvão Engenharia; R$ 115 mil do Estaleiro Enseada (que tem como sócias Odebrecht, OAS e UTC); e R$ 97 mil da OAS.

O tribunal recebeu esses dados no âmbito da investigação da atuação de Moro.

Ainda segundo e ‘Veja’, a Alvarez & Marsal não quer informar ao TCU quanto pagou a Moro no período em que ele trabalhou lá. A empresa teria dito que não considera o TCU o órgão competente para investigar uma relação privada.

Siga o Brado Jornal no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Apple e Samsung podem ter que pagar bilhões no Brasil em multas por venderem celulares sem carregador
Decisão de órgão de defesa do consumidor do Ministério da Justiça abre caminho para que fabricantes sejam processadas em até 900 Procons pelo país
Entrega de declarações do Imposto de Renda 2022 ultrapassa 22 milhões
Receita espera receber neste ano 34,1 milhões de documentos
Base de Bruno tem jurisprudência contra Geraldo Junior no STF
Prazo de defesa encerrou terça (10)
Eclipse Lunar total ocorre neste domingo (15); saiba como acompanhar
Evento terá seu ponto máximo durante a madrugada
Petista aciona PGR contra Michelle Bolsonaro e ministra por pronunciamento de Dia das Mães na TV
A atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto, também é alvo da ação do petista.
ONU: Mais de 8 milhões de pessoas estão deslocadas internamente na Ucrânia
Última pesquisa, realizada entre 29 de abril e 3 de maio, constatou que 63% dos deslocados internos são mulheres
Carregando..