Transição: Lula defende investimento em soluções criativas para saúde

Presidente eleito participou de reunião com grupo técnico do setor
Por: Brado Jornal 24.nov.2022 às 14h41
Transição: Lula defende investimento em soluções criativas para saúde
Reprodução

Na presença de cinco ex-ministros da saúde, o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, defendeu investimento em inovação e em soluções criativas para melhorar o atendimento à saúde no Brasil. Ele citou a fila de espera para atendimento especializado como um gargalo a ser resolvido emergencialmente.

A afirmação foi feita na manhã de hoje (24), em reunião do Grupo Técnico de Saúde da transição de governo, em Brasília. Lula estava em São Paulo e participou da reunião por vídeo. Os ex-ministros presentes na sede da Fiocruz foram o senador Humberto Costa, o deputado federal Alexandre Padilha, Arthur Chioro, José Gomes Temporão e José Agenor. 

O presidente eleito conversou com representantes de diversas entidades do setor. Lula reafirmou que saúde, no seu governo, jamais será vista como gasto, mas como investimento e disse que não faltarão recursos para recuperar a área no país, especialmente políticas como o Programa Nacional de Imunização, desestruturado na gestão Bolsonaro.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Justiça suspende compra de blindados pelo Exército
Decisão liminar foi proferida nesta segunda-feira, 5, pelo TRF1
“O medo venceu a esperança”, diz Queiroga sobre eleição de Lula
Ministro da Saúde diz acreditar que o presidente perdeu as eleições por ser “antiestablishment”
Manifestantes protestam contra Lula em frente a hotel onde o político está hospedado
Grupo gritava contra posse do petista; concentração começou após o jogo do Brasil pela Copa do Mundo
PEC da Transição deve ser votada na CCJ do Senado nesta terça-feira
Proposta assegura recursos para bancar o Bolsa Família no valor de R$ 600 em 2023. Previsão é que plenário avalie o texto na quarta-feira
MPE quer reprovar contas de Damares
Segundo o órgão, houve irregularidade na comprovação de quase R$ 600 mil dos gastos da campanha da ex-ministra
Bolsonaro chora durante evento das Forças Armadas; assista
Jair Bolsonaro chorou hoje durante evento de apresentação de oficiais das Forças Armadas recém promovidos, realizado nesta segunda-feira
Carregando..