STF forma maioria para rejeitar denúncia contra Gleisi por corrupção

Denúncia foi apresentada pela PGR em abril de 2018, seguindo as delações premiadas de executivos da empreiteira Odebrecht
Por: Brado Jornal 20.nov.2023 às 15h08
STF forma maioria para rejeitar denúncia contra Gleisi por corrupção

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria neste domingo, 19, para rejeitar uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR). Até o momento, seis ministros ministros alegaram que não há justa causa para abrir uma ação penal contra a petista.

Em seu voto, o relator do caso, ministro Edson Fachin, afirmou que há “vácuos investigativos intransponíveis” na denúncia, usando de exemplo o fato de que não foram mencionados quais projetos da Odebrecht seriam contemplados a partir do repasse das propina. A tese de Fachin foi acompanhada pelos ministros André Mendonça, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes e pelo presidente do STF, Luís Roberto Barroso.

O julgamento, que ocorre em plenário virtual, começou na última sexta-feira, 10, e segue até a próxima segunda-feira, 20. Indicado para o STF pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ministro Cristiano Zanin se declarou impedido para julgar uma ação da Lava Jato contra Gleisi.

A denúncia foi apresentada pela PGR em abril de 2018, seguindo as delações premiadas de executivos da empreiteira Odebrecht, incluindo do executivo Marcelo Bahia Odebrecht. Gleisi foi acusada de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, por supostamente ter recebido R$ 3 milhões em propina da empreiteira para arcar com despesas de campanha quando concorreu ao governo do Paraná, em 2014.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Repórter da “Record” é demitida por vazar trecho de entrevista com Lula
Declarações do presidente sobre dúvidas a respeito da necessidade de cortar gastos foram antecipadas ao mercado financeiro por meio de agência de análise política da qual é sócia Renata Varandas, a jornalista dispensada
Tebet diz que Lula determinou compromisso de governo não gastar mais do que arrecada
A ministra do Planejamento falou que o governo possui o compromisso, determinado por Lula, de não gastar mais do que arrecada e que isso deve ser visto no orçamento de 2025
Lauana Prado: quem é a cantora comunista que critica Bolsonaro entre sertanejos
Principal voz do "feminejo", cantora de 35 anos que faz contraponto à maioria dos cantores do gênero
Lula diz que ligou para Lira após discussão entre deputados na Câmara
Para o petista, esse tipo de comportamento, de xingar adversários, induz os políticos a cometerem erros e serem achincalhados “como muitas vezes é o Congresso Nacional, o Senado, a Câmara, o Executivo e a Suprema Corte”
PF cumpre oito mandados contra suspeitos de matar Binho do Quilombo
Segundo a polícia, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão temporária
Fui o único que tratou a pandemia com seriedade, diz Bolsonaro
Ex-presidente discursou para apoiadores em Duque de Caxias ao lado de ex-prefeito investigado por falsificar seu cartão de vacinação
Carregando..