Tensões entre Diretório Estadual e Municipal do PT em Candeias, Bahia

O PT forma uma federação partidária com o PV e o PCdoB
Por: Brado Jornal 28.mar.2024 às 09h42
Tensões entre Diretório Estadual e Municipal do PT em Candeias, Bahia

A situação política em Candeias, Bahia, tem gerado tensões entre o diretório estadual e municipal do Partido dos Trabalhadores (PT). O presidente do PT da Bahia, Éden Valadares, está ameaçando impor o nome de Marivalda Silva como candidata a prefeita de Candeias, mesmo sem o apoio do próprio diretório municipal do PT local. Essa atitude tem levantado questionamentos sobre a democracia interna do partido e a legitimidade das decisões tomadas pelo diretório estadual.


Legitimidade da Candidatura de Marivalda e Atuação de Éden Valadares

A imposição do nome de Marivalda Silva como candidata a prefeita de Candeias por Éden Valadares tem gerado descontentamento e questionamentos sobre a legitimidade da decisão. Marivalda não conta com respaldo local para sua candidatura, o que levanta dúvidas sobre a legitimidade e o respaldo político de sua candidatura, bem como a atuação de Éden Valadares em interferir nas decisões locais do partido. Além disso, a candidatura de Marivalda também depende do apoio de outros dois partidos, o PCdoB e PV, que já deixaram claro que não vão aceitar a imposição do nome de Marivalda. Isso evidencia a falta de apoio local e a necessidade de um processo democrático para a escolha da candidatura.

O PT forma uma federação partidária com o PV e o PCdoB. Quem quiser ser candidato, pela regra da federação partidária, tem que ter apoio dos outros dois partidos. PV e PCdoB de Candeias também não apoiam e não querem nem ouvir falar no nome de Marivalda, que é considerada uma pessoa adversária tanto pelos membros PCdoB quanto pelos membros do PV de Candeias.


Repercussões Locais e Opinião da Comunidade

A imposição da candidatura de Marivalda tem gerado descontentamento na comunidade de Candeias, que expressa a opinião de que a candidatura não deve ser imposta de cima para baixo, mas sim ser resultado de um processo democrático e de apoio local. Essa situação reflete a insatisfação da população local com a atuação do governo estadual e a busca por autonomia e participação democrática nas decisões políticas que impactam diretamente a comunidade de Candeias.

Em meio a essas tensões, a situação política em Candeias permanece em destaque, levantando questões sobre a democracia interna do PT e a autonomia das decisões políticas a nível municipal.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Ministro pede desculpas após exoneração de primo de Lira no Incra
Wilson César de Lira Santos foi demitido nesta terça-feira, 16
Mendonça rejeita acusação contra Nikolas Ferreira por 'transfobia'
Ministro do Supremo Tribunal Federal afirmou que declarações do deputado estão protegidas pela imunidade parlamentar
Convocado pela 'bancada da bala', Lewandowski participa de sessão na Câmara
Lewandowski disse ter aceito por entender ser necessário “diálogo entre Poderes”
STF extingue ações contra ex-ministros de FHC
MPF acionou a Justiça em 1995 e 1996 por suposta improbidade administrativa de Pedro Malan, José Serra e Pedro Parente
“Não me arrependo”, diz Glauber Braga sobre agressão a militante do MBL
O psolista empurrou e chutou o youtuber Gabriel Costernaro para fora da Câmara dos Deputados nesta terça-feira depois de uma discussão
Lula “maceta o apocalipse” do rombo de gastos, diz Ciro Nogueira
Presidente do PP afirma que “vai dar PT: perda total”
Carregando..