Moraes prorroga inquérito das milícias digitais por mais 6 meses

Procedimento apura a existência de um grupo 'antidemocrático' na internet
Por: Brado Jornal 10.jun.2024 às 20h12
Moraes prorroga inquérito das milícias digitais por mais 6 meses
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por mais 180 dias (seis meses) o inquérito das milícias digitais – a investigação apura a existência de uma organização criminosa digital que atua para atacar as instituições e o Estado Democrático de Direito.

Esse inquérito, aberto em julho de 2021, já foi prorrogado ao menos dez vezes. Em seu despacho, o ministro apontou haver a "necessidade de prosseguimento das investigações, com a realização das diligências ainda pendentes".

No início, a apuração girou em torno de um suposto esquema utilizado por aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para atacar opositores e as instituições democráticas. Porém, ao longo do tempo, acabou se desdobrando em diferentes frentes.

Atualmente, o bojo da investigação também inclui os atentados de 8 de janeiro de 2023, além de outros casos envolvendo o ex-presidente, como as fraudes em cartões de vacinação e a venda de presentes oficiais no exterior (que envolve o caso das joias sauditas) e tentativa de golpe de Estado.

Foi no âmbito desse inquérito que o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, fechou um acordo de delação premiada com a Polícia Federal (PF).



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Caixa e INSS são as empresas mais processadas do Brasil
Os dados do CNJ foram compilados até 31 de janeiro deste ano.
Aliados de Janones mentiram ao negar rachadinha, diz PF
Polícia Federal aponta contradições em depoimentos de aliados de Janones que negaram existência de rachadinha: “Não falaram a verdade”
PF faz operação contra desembargador de SP por suspeita de venda de decisões judiciais
Outros dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados judiciais de busca e apreensão da "Operação Churrascada" da PF, que ocorre nesta quinta-feira (20)
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
Senado aprova reformulação do ensino médio
Uma das principais mudanças do PL é o aumento da carga horária da FGB, que passa de 1.800 horas para 2.400 horas
Moraes determina que hospitais informem se estão cumprindo decisão sobre aborto
A intimação aconteceu nesta quarta-feira (19)
Carregando..