Governo Lula lança site para detectar e combater ‘discurso de ódio’ na web

Portal Ódio ou Opinião foi divulgado nesta terça-feira (18)
Por: Brado Jornal 19.jun.2024 às 07h47
Governo Lula lança site para detectar e combater ‘discurso de ódio’ na web
José Cruz/Agência Brasil

Nesta terça-feira (18), o governo Lula (PT) lançou o portal Ódio ou Opinião, visando combater “discurso de ódio” no ambiente digital do país. Em comunicado, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) disse que o “intuito é que a página seja mais uma aliada na defesa de direitos dos cidadãos na navegação pela internet”.

O portal exibe detalhes de dados atualizados sobre “violência online” no país com base em informações extraídas do Observatório Nacional dos Direitos Humanos (ObservaDH). Há ainda uma orientação sobre como denunciar violações pelo Disque 100.


CAMPANHA NACIONAL

O lançamento do portal é uma das ações da Campanha Nacional de Enfrentamento ao Discurso de Ódio no Brasil, promovida pelo ministério, com o slogan “Discurso de ódio não é opinião”.

Nos próximos meses, outras ações de comunicação serão promovidas com o mesmo intuito. As informações são do MDHC


INFLUENCIADORA DE ESQUERDA E FAKE NEWS

A iniciativa surge após a influenciadora de esquerda Denise Tremura confessar a outros influenciadores que durante o segundo turno das eleições de 2022 eles foram pautados pelo deputado federal André Janones (Avante-MG) para disseminar informações falsas contra o então presidente Jair Bolsonaro (PL).

A declaração foi dada em uma sala de bate papo do X, Spaces, onde ela contou sobre o uso de desinformações para interferir no processo eleitoral. E mais: disse que Janones era quem pautava as discussões usando sua conta, uma medida que ela achava necessário ser retomada pelo governo Lula, para que os influenciadores voltassem a ter uma linha de discussão a seguir.

"Lula tem que meter logo um Janones na comunicação para ele poder pautar a discussão do dia, como aconteceu no segundo turno das eleições. Foi o Janones que comandou a campanha inteira, não tem como falar que não, eu já entrava no Twitter, já ia direto no perfil dele para saber do que ele estava falando, para saber sobre o que eu ia falar, era ele que estava pautando", afirmou.

E continuou:

"Aí os bolsonaristas tinham que desmentir as fake news, que nem eram tão fakes assim (…) eles não tinham tempo de ficar criando fake news, porque estavam correndo atrás das nossas fake news. E nem era fake news, era uma pequena leitura enviesada de alguns fatos do Bolsonaro. Por exemplo, aquela declaração horrível que ele fez, que pintou um clima com uma menina de 14 anos, se não fosse Janones peitar isso e pautar e ficar falando disso, talvez tivesse passado batido. Mas não, aí foi toda a esquerda em cima desse assunto, porque a gente tinha um incentivo ali, tinha um apoio, tinha alguém a quem seguir, tinha um comando".

O vídeo com a voz de Denise Tremura foi publicado pelo perfil The Incorrupt e foi compartilhado por parlamentares, entre eles o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG).

Tremura tem mais de 498 mil seguidores na rede social X.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Lauana Prado: quem é a cantora comunista que critica Bolsonaro entre sertanejos
Principal voz do "feminejo", cantora de 35 anos que faz contraponto à maioria dos cantores do gênero
Trump relata a angustiante tentativa de assassinato no discurso do RNC: “Cada momento que temos na Terra é uma dádiva”
“Estou diante de vocês esta noite com uma mensagem de confiança, força e esperança”, começou Trump
Lula diz que ligou para Lira após discussão entre deputados na Câmara
Para o petista, esse tipo de comportamento, de xingar adversários, induz os políticos a cometerem erros e serem achincalhados “como muitas vezes é o Congresso Nacional, o Senado, a Câmara, o Executivo e a Suprema Corte”
Fui o único que tratou a pandemia com seriedade, diz Bolsonaro
Ex-presidente discursou para apoiadores em Duque de Caxias ao lado de ex-prefeito investigado por falsificar seu cartão de vacinação
Tebet diz que Lula determinou compromisso de governo não gastar mais do que arrecada
A ministra do Planejamento falou que o governo possui o compromisso, determinado por Lula, de não gastar mais do que arrecada e que isso deve ser visto no orçamento de 2025
Repórter da “Record” é demitida por vazar trecho de entrevista com Lula
Declarações do presidente sobre dúvidas a respeito da necessidade de cortar gastos foram antecipadas ao mercado financeiro por meio de agência de análise política da qual é sócia Renata Varandas, a jornalista dispensada
Carregando..