Fernanda Hernandes lança livro "Mais que Vencedoras"

O texto bíblico que as inspirou nesta jornada está em Romanos 8.37, que diz: “Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”
11.set.2021 às 08h28
Atualizado: 11.set.2021 às 15h35
Fernanda Hernandes lança livro
Nesta semana, a escritora desembarcou no Brasil, para cumprir uma agenda de divulgação do seu novo trabalho em todo o país.

Entre o ponto de partida e o destino, existe uma jornada! A questão é: Como superar cada obstáculo? E o medo de tropeçar e cair? E o peso dos erros do passado? E os “nãos” que a vida impõe? 

Em meio a um período marcado por tantas incertezas, por causa da pandemia de Covid-19, Fernanda Hernandes Rasmussen escreveu seu primeiro livro – o "Mais que Vencedoras" – para ajudar cada leitora a alcançar seus objetivos e a desenvolver sua melhor versão.

A obra foi inspirada no +QV (Mais que Vencedoras), fundado por ela em 2013, quando, em um dos momentos mais difíceis e decisivos de sua vida, Deus revelou a ela um método revolucionário de 12 semanas de transformação, que posteriormente ela começou a dividir com outras mulheres.

No começo, o grupo era composto por 300 mulheres. Hoje, são mais de 50 mil participantes ativas no projeto. Este grande exército é liderado por Fernanda Hernandes Rasmussen e pela Bispa Sonia Hernandes, sua mãe, mentora e melhor amiga. 

O texto bíblico que as inspirou nesta jornada está em Romanos 8.37, que diz: “Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”

Nesta semana, a escritora desembarcou no Brasil, para cumprir uma agenda de divulgação do seu novo trabalho em todo o país.

O primeiro evento de lançamento ocorreu nesta quarta-feira (08), na Casa Floráh, um dos maiores espaços de beleza a céu aberto da América Latina, situado no Jardim Paulista, na zona sul da capital paulista, onde ela recebeu familiares, amigos, as mulheres que a acompanharam desde a fundação do +QV, representantes da sociedade brasileira e sua inseparável equipe.


Fernanda Hernandes Rasmussen atua como comunicadora há mais de 20 anos. É formada em Rádio e TV e pós-graduada em Administração de Empresas pela FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado). É diretora-executiva da Rede Gospel de Televisão, onde apresenta os programas “De Bem com a Vida” e “A Melhor Notícia.” Fernanda é líder e idealizadora do +QV (Mais que Vencedoras), projeto revolucionário que conta com a participação de mais de 50 mil mulheres no Brasil e exterior. Também é responsável pela organização da maior manifestação cristã a céu aberto do mundo, a Marcha para Jesus.

Filha de Estevam e Sonia Hernandes, Fernanda é casada há 20 anos com Douglas Rasmussen com quem tem quatro filhos: David, Carol, Noah e Benjamin. Todos os dias inspira milhares de mulheres em suas lives no Instagram @fernandahernandesoficial. Outras redes:

Facebook: fernandahernandesoficial

Youtube: Fernanda Hernandes

Blog: http://bispafehernandes.com.br

Veja Também
Caminhão carregado de cerveja tomba na Avenida ACM
Acidente aconteceu no início da tarde desta terça-feira (14). Motorista do veículo não teve ferimentos, mas trânsito ficou congestionado na região.
Doria diz que Lira não tem ‘compromisso com a democracia’
eleito na esteira do bolsonarismo com o ‘BolsoDoria, voltou a cobrar o impeachment do presidente Jair Bolsonaro
Bahia vai receber mais de um milhão de doses de vacina contra Covid-19 até terça-feira, diz Sesab
De acordo com a Sesab, voo que vai transportar os imunizantes produzidos pela Pfizer/BioNTech está previsto para pousar no aeroporto de Salvador às 9h35.
Vacinação contra covid-19 é suspensa nos dias 6 e 7 de setembro em Salvador
De acordo com a Sesab, voo que vai transportar os imunizantes produzidos pela Pfizer/BioNTech está previsto para pousar no aeroporto de Salvador às 9h35.
Apresentado por conservadoras, “BRASIL DE VERDADE” é lançado na Brado Rádio
O programa inaugural teve audiência recorde para um programa de estreia
URGENTE: Youtube censura Brado Rádio e bloqueia canal oficial
Segundo nota emitida pelo Youtube, a rádio foi censurada por criticar o passaporte de vacinação, vacinação obrigatória e falar sobre o tema "globalismo".