Ex-governanta de Caetano Veloso e Paula Lavigne aciona justiça após demissão

Mulher foi desligada após ter sido acusada de furtar quantia em dólares da casa do artista baiano e da esposa dele
Por: Brado Jornal 29.mai.2024 às 10h21
 Ex-governanta de Caetano Veloso e Paula Lavigne aciona justiça após demissão
Reprodução/Instagram

Uma ex-funcionária do cantor baiano Caetano Veloso e da esposa dele, Paula Lavigne, entrou com uma ação trabalhista após ter sido demitida por justa causa.

De acordo com o escritório de advocacia que representa Edna Fonseca no processo, Mourão e Ventura, a ex-funcionária não furtou uma quantia de dinheiro em dólar da casa de Caetano e Paula, localizada no Rio de Janeiro, conforme foi noticiado em alguns veículos de comunicação.

"Durante os 22 anos em que trabalhou na residência do casal, Edna foi submetida a um padrão sistemático de abusos psicológicos e morais, fatos que ainda serão levados ao conhecimento do Judiciário Trabalhista em momento oportuno".

Ainda segundo o comunicado, "Edna é uma mulher periférica e de origem humilde e é, na verdade, vítima de Paula Lavigne". A defesa informou que o furto citado na internet iniciou quando Paula Lavigne começou uma investigação privada para apurar responsabilidades sobre o sumiço de uma quantia em dólares na casa dela.

Conforme relatado pela defesa de Edna, a ex-funcionária entregou para Paula Lavigne extratos bancários dos últimos sete anos com o objetivo de demonstrar que todo o dinheiro que ela possuía era oriundo do trabalho.

"Nada disso foi suficiente para que Paula parasse de assediar Edna. Até que no dia 3 de maio, Paula Lavigne confiscou o telefone celular de Edna e violou o sigilo de duas comunicações, acessando conversas pessoais e fazendo backup dos dados privados de Edna", informou a defesa da ex-funcionária.

O escritório que representa Edna Fonseca disse que além das ações trabalhistas, outras providências legais já foram tomadas.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
PF deflagra a 28ª fase da Operação Lesa Pátria
Policiais federais cumprem 27 mandados judiciais nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina
Assaltantes fingem ser da polícia para roubar carro-forte em aeroporto
Caso ocorreu no aeroporto de Caxias do Sul na noite desta quarta-feira (19). Polícia faz buscas aos criminosos que conseguiram fugir
Prefeitura entrega multicentro de Saúde em Amaralina com capacidade para 71 mil procedimentos por mês
O prefeito Bruno Reis afirmou que a unidade terá custeio mensal de R$2 milhões e ressaltou que o novo multicentro vai triplicar a capacidade de operação em relação ao antigo equipamento
Greve da UFBA é mantida
Nova assembleia foi realizada na terça-feira (18)
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
Carregando..