PGR tem 15 dias para decidir se denuncia Bolsonaro ou se arquiva

Prazo foi estabelecido em decisão de Alexandre de Moraes; órgão decidirá se denuncia, arquiva ou pede mais diligências
Por: Brado Jornal 09.jul.2024 às 10h38
PGR tem 15 dias para decidir se denuncia Bolsonaro ou se arquiva
Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Procuradoria Geral da República tem 15 dias para se manifestar no inquérito do Supremo Tribunal Federal que investiga a venda de presentes no exterior por aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

O prazo foi estabelecido em decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes na segunda-feira (8), que retirou o sigilo do relatório da PF (Polícia Federal) e de outros documentos do inquérito. A PGR terá até 23 de julho para decidir se:

  • arquivará o caso;
  • pedirá mais investigações; ou
  • denunciará os envolvidos ao STF, podendo ajustar os crimes indiciados pela PF.


A PF indica que aliados de Bolsonaro tentaram ou venderam 3 conjuntos de presentes recebidos de autoridades exteriores durante viagens oficiais. O valor de mercado dos bens é estimado em US$ 1.227.725,12 ou R$ 6.826.151,661, segundo a corporação.

Na última quinta-feira (4), a PF indiciou Bolsonaro e outras 11 pessoas no inquérito que apura a venda ilegal de joias da Arábia Saudita no exterior. A corporação concluiu haver indícios de crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro, e apropriação de bens públicos contra o ex-presidente.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Fui o único que tratou a pandemia com seriedade, diz Bolsonaro
Ex-presidente discursou para apoiadores em Duque de Caxias ao lado de ex-prefeito investigado por falsificar seu cartão de vacinação
Tebet diz que Lula determinou compromisso de governo não gastar mais do que arrecada
A ministra do Planejamento falou que o governo possui o compromisso, determinado por Lula, de não gastar mais do que arrecada e que isso deve ser visto no orçamento de 2025
Lula diz que ligou para Lira após discussão entre deputados na Câmara
Para o petista, esse tipo de comportamento, de xingar adversários, induz os políticos a cometerem erros e serem achincalhados “como muitas vezes é o Congresso Nacional, o Senado, a Câmara, o Executivo e a Suprema Corte”
Repórter da “Record” é demitida por vazar trecho de entrevista com Lula
Declarações do presidente sobre dúvidas a respeito da necessidade de cortar gastos foram antecipadas ao mercado financeiro por meio de agência de análise política da qual é sócia Renata Varandas, a jornalista dispensada
Lauana Prado: quem é a cantora comunista que critica Bolsonaro entre sertanejos
Principal voz do "feminejo", cantora de 35 anos que faz contraponto à maioria dos cantores do gênero
Carregando..