Randolfe Rodrigues diz ser contra CPI das Manifestações

Futuro líder do governo no Congresso defendeu ainda a responsabilização de militares
Por: Brado Jornal 25.jan.2023 às 16h24 - Atualizado: 25.jan.2023 às 17h31
Randolfe Rodrigues diz ser contra CPI das Manifestações
Divulgação

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), futuro líder do governo Lula no Congresso Nacional, disse ao jornal Valor Econômico, nesta quarta-feira, 25, que não há necessidade de se instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as manifestações que ocorreram em 8 de janeiro. Segundo o parlamentar, a ordem de Lula é não ficar preso aos atos e focar em outras pautas.

“Vocês sabem que eu sempre advogo que a CPI é um meio legítimo”, disse Rodrigues. “Mas em outras que defendi, como a CPI da Covid e a dos esquemas de corrupção no Ministério da Educação, não existia investigação em curso. Não é o caso do 8 de janeiro. A PF está cumprindo seu papel. Está tendo prisão.”

O senador mirou a artilharia na direção dos militares. “No âmbito militar, os responsáveis serão punidos”, prometeu. “Estou confiante que terão ações sequenciadas da PF em busca dos financiadores e dos mentores. Nesse caso específico, eu temo que uma CPI mais atrapalhe que ajude.”

Rodrigues disse que está convencido de que Bolsonaro é o mentor dos atos que culminaram na invasão às sedes dos Três Poderes. Segundo o senador, o ex-presidente incentivou, articulou e construiu os eventos.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Capitão Alden toma posse de deputado federal na próxima quarta-feira em Brasília
Paramentar deixará a Assembleia Legislativa para assumir cargo na Câmara Federal
Michelle Bolsonaro retorna ao Brasil
Discreta, ex-primeira-dama desembarcou nesta noite no aeroporto de Brasília vinda dos EUA.
Dino entrega a Lula “pacote da democracia” e propõe Guarda Nacional no DF
As medidas devem ser enviadas ao Congresso em fevereiro, segundo o ministro.
Lula, a governadores: É preciso acabar com ‘ofensas em shoppings e aeroportos’
Em discurso nesta sexta-feira, o presidente também defendeu o fim da 'judicialização da política'
Documento achado com Torres ‘tinha na casa de muita gente’, diz líder do PL
Valdemar Costa Neto rebateu acusações e afirmou que 'Bolsonaro não quis fazer nada fora de lei'
Moraes envia à PGR pedido de suspensão da posse de deputados
Ministro deu prazo de 24 horas para que o órgão se manifeste
Carregando..