Randolfe Rodrigues diz ser contra CPI das Manifestações

Futuro líder do governo no Congresso defendeu ainda a responsabilização de militares
Por: Brado Jornal 25.jan.2023 às 16h24 - Atualizado: 25.jan.2023 às 17h31
Randolfe Rodrigues diz ser contra CPI das Manifestações
Divulgação

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), futuro líder do governo Lula no Congresso Nacional, disse ao jornal Valor Econômico, nesta quarta-feira, 25, que não há necessidade de se instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as manifestações que ocorreram em 8 de janeiro. Segundo o parlamentar, a ordem de Lula é não ficar preso aos atos e focar em outras pautas.

“Vocês sabem que eu sempre advogo que a CPI é um meio legítimo”, disse Rodrigues. “Mas em outras que defendi, como a CPI da Covid e a dos esquemas de corrupção no Ministério da Educação, não existia investigação em curso. Não é o caso do 8 de janeiro. A PF está cumprindo seu papel. Está tendo prisão.”

O senador mirou a artilharia na direção dos militares. “No âmbito militar, os responsáveis serão punidos”, prometeu. “Estou confiante que terão ações sequenciadas da PF em busca dos financiadores e dos mentores. Nesse caso específico, eu temo que uma CPI mais atrapalhe que ajude.”

Rodrigues disse que está convencido de que Bolsonaro é o mentor dos atos que culminaram na invasão às sedes dos Três Poderes. Segundo o senador, o ex-presidente incentivou, articulou e construiu os eventos.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Governo Lula lança site para detectar e combater ‘discurso de ódio’ na web
Portal Ódio ou Opinião foi divulgado nesta terça-feira (18)
PF faz operação contra desembargador de SP por suspeita de venda de decisões judiciais
Outros dois advogados de Ribeirão Preto são alvos de mandados judiciais de busca e apreensão da "Operação Churrascada" da PF, que ocorre nesta quinta-feira (20)
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
‘Jerônimo, até quando o senhor vai fechar os olhos?’, questiona ACM Neto após a Bahia aparecer no topo da violência em pesquisa
A declaração ocorreu após a divulgação do Mapa da Violência de 2024 pelo Atlas
Toffoli anula provas da Odebrecht contra João Santana, ex-marqueteiro de Lula
O ministro do STF estendeu a João Santana e sua esposa, a empresária Mônica Moura, a anulação do uso das provas do acordo de leniência da Odebrecht
Pacheco: equiparar aborto a homicídio é 'irracionalidade'
Declaração do presidente do Senado aconteceu um dia após repercussão sobre audiência pública na Casa; atriz contadora de histórias fez uma performance no plenário
Carregando..