Alexandre Moreira pede proibição da participação de crianças nas marchas LGBT na Bahia

Sua ação foi motivada pela ampla repercussão dos eventos ocorridos em São Paulo no último domingo, 2 de junho, onde um bloco intitulado "Crianças Trans" desfilou livremente
Por: Brado Jornal 04.jun.2024 às 20h42 - Atualizado: 05.jun.2024 às 06h44
Alexandre Moreira pede proibição da participação de crianças nas marchas LGBT na Bahia

Alexandre Moreira, presidente do movimento Bahia Direita e pré-candidato a vereador de Salvador, apresentou, na tarde desta terça-feira (4), uma representação ao Ministério Público da Bahia exigindo a proibição da participação de crianças nas marchas LGBT em todo o estado. Sua ação foi motivada pela ampla repercussão dos eventos ocorridos em São Paulo no último domingo, 2 de junho, onde um bloco intitulado "Crianças Trans" desfilou livremente, com a anuência dos pais, que Moreira classificou como "irresponsáveis".

"O que presenciamos em São Paulo foi uma afronta à moral e aos valores que devemos proteger. Crianças desfilando em um ambiente absolutamente inadequado para a sua idade, incentivadas por pais que claramente não têm o menor senso de responsabilidade", disparou Moreira.

Durante a marcha na Avenida Paulista, crianças foram vistas participando ativamente do evento, uma situação que gerou furor nas redes sociais e na mídia. Imagens e relatos chocaram grande parte da população, levantando sérias questões sobre a adequação desse tipo de exposição para menores.

Moreira enfatizou a necessidade urgente de medidas rigorosas para impedir que situações semelhantes ocorram na Bahia, especialmente em Salvador. "Não podemos permitir que nossas crianças sejam usadas dessa maneira, expostas a temas e comportamentos que podem prejudicar seriamente seu desenvolvimento emocional e psicológico. É uma questão de bom senso e proteção básica", afirmou.

A medida já começou a provocar discussões intensas em diversos setores da sociedade baiana. O Ministério Público ainda não se manifestou oficialmente sobre a representação, mas o debate promete esquentar nas próximas semanas.

"Estamos falando do futuro das nossas crianças. Não podemos ficar de braços cruzados enquanto a inocência delas é destruída por pais irresponsáveis e eventos inadequados. Precisamos agir agora, antes que seja tarde demais", concluiu Alexandre Moreira.



📲 Baixe agora o aplicativo oficial da BRADO
e receba os principais destaques do dia em primeira mão
O que estão dizendo

Deixe sua opinião!

Assine agora e comente nesta matéria com benefícos exclusivos.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar nesta matéria!

Carregar mais
Carregando...

Carregando...

Veja Também
Aliados de Janones mentiram ao negar rachadinha, diz PF
Polícia Federal aponta contradições em depoimentos de aliados de Janones que negaram existência de rachadinha: “Não falaram a verdade”
Senado aprova reformulação do ensino médio
Uma das principais mudanças do PL é o aumento da carga horária da FGB, que passa de 1.800 horas para 2.400 horas
PF deflagra a 28ª fase da Operação Lesa Pátria
Policiais federais cumprem 27 mandados judiciais nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina
Moraes recua e reativa vídeo e textos sobre acusação contra Lira
Para Moraes, todos os conteúdos são reportagens jornalísticas que já haviam sido veiculadas anteriormente, sem juízo de valor
Pacheco: equiparar aborto a homicídio é 'irracionalidade'
Declaração do presidente do Senado aconteceu um dia após repercussão sobre audiência pública na Casa; atriz contadora de histórias fez uma performance no plenário
Trabalhadores são resgatados em lavouras de café em Minas Gerais
O resgate dos trabalhadores aconteceu na sexta-feira (14), mas foi divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego na noite de quarta (19)
Carregando..